BENEFÍCIOS

• Melhora da postura e consciência corporal: uma má postura e o uso incorreto do corpo costumam ser causas de dores musculares e articulares.

 

• Melhora da circulação, mobilidade articular e da saúde: Pilates parte da idéia de que o corpo é capaz de curar-se por si próprio. Seus movimentos permitem que o sangue circule por todas as regiões do corpo, levando nutrientes e eliminando toxinas.

• Aumento da densidade osséa: como o Método Pilates trabalha com o fortalecimento da musculatura, consequentemente trabalha com o fortalecimento ósseo. Quanto mais poderosos são os músculos, mais tensão exercem sobre os ossos, o que estimula o crescimento dos mesmos.

•  Alívio do estresse: a compreensão dos movimentos, uma respiração profunda e a diminuição das tensões se combinam transmitindo uma sensação de paz e relaxamento.

• Melhora do equilibrio e coordenação: à medida que envelhecemos perdemos ambas as capacidades e alguns dos exercícios propostos em aula ajudam a preservá-las, reduzindo o risco de quedas e fraturas ósseas.

• Melhora do sistema imune: vários estudos têm demonstrado que o exercício físico regular ajuda o melhorar o sistema imune. Joseph Pilates sempre se sentiu orgulhoso por nenhum de seus companheiros que participavam regularmente de suas aulas no campo de concentração morrera vítima da epidemia de gripe que assombrou a Europa logo após a guerra.

• Melhora da atividade sexual: o método apresenta benefícios para a vida sexual, já que melhora a consciência do corpo, a auto-confiança, a auto-estima, a flexibilidade e ainda ajuda a fortalecer a musculatura do assoalho pélvico.

• Benefícios frente ao envelhecimento: além de um corpo forte e flexivel, Pilates ajuda a ter uma pele sã em idades avançadas. O colágeno que dá elasticidade a pele se regenera de forma lenta; realizar exercícios que alonguem a pele, aumentam a produção de dehidroepiandrosterona (DHEA), responsável em preservar o colágeno. É recomendado realizar duas horas de alongamentos por semana, combinando com atividade cardio-vascular, que mantém lubrificadas as articulações e, que segundo revelam novos estudos, encrementam as substâncias químicas encarregadas de restaurar o colágeno presente no líquido articular