Fisioterapia na Gestação e Saúde da mulher  

 

Atua junto à gestante com intuito de orientar e preparar seu corpo para três fases diferentes da maternidade. 

O pré-parto é a fase na qual a Fisioterapia é mais atuante, tendo como principais objetivos: 

 

  • promover relaxamento e melhorar a qualidade de vida; 

  • preparar o corpo para a gestação e o parto, prevenindo e tratando edemas (inchaço), dores e má postura, sobrecarga dos músculos do assoalho pélvico, incontinência urinária ou fecal, disfunções sexuais e mastites (inflamações da mama); 

  •  trabalhar força e elasticidade do períneo, previnindo possíveis lacerações; 

  • favorecer uma recuperação mais rápida (independente do tipo de parto); 

  • diminuir complicações após o parto como diástase do músculo reto abdominal, incontinência urinária, dor pélvica crônica, entre outras. 

 

Durante o parto o papel da Fisioterapia é facilitar o trabalho de parto, criando condições para que seja mais rápido e menos doloroso. O trabalho ocorre em ambiente hospitalar aliviando a dor e favorecendo a contração uterina, a abertura pélvica e a dilatação utilizando recursos de eletroterapia, técnicas de relaxamento, posturas e exercícios. 

No pós-parto ou puerpério previne e trata disfunções musculoesqueléticas, uroginecológicas, dermatofuncionais, complicações do sistema circulatório e respiratório, desconfortos e dores, além de reeducar e orientar sobre amamentação, posturas para a mãe e a criança e atividades cotidianas. É nesta fase que a Fisioterapia dermatofuncional pode atuar nas disfunções estéticas com mais ênfase. 

 

Doula

Doula significa MULHER QUE SERVE. 

Seu trabalho é junto de toda a família mas principalmente com a gestante, no intuito de encorajar, confortar, tranquilizar, dar suporte emocional e físico, orientar e assistir para que a gestante passe pelas transformações e tome as melhores decisões para sua gestação e parto. 

 

O que a Doula faz? 

 

  • Auxilia a mulher a resgatar a força e a confiança em si mesma, trazendo à tona o feminino do seu corpo e alma primitivos. 

  • Dá suporte emocional através do apoio, presença e carinho constantes, sempre encorajando e reafirmando o poder que a gestante tem. 

  • Oferece conforto físico através de métodos naturais, como: técnicas de relaxamento e respiração, massagens, banhos, movimentações e troca de posturas para que a gestante tenha mais conforto, menos dor e um bom progresso no trabalho de parto. 

  • Tem importante papel para garantir a liberação hormonal fisiológica, através da manutenção do ambiente tranquilo e acolhedor para que a gestante consiga se concentrar em si e no bebê sem perturbações externas. Aumentando assim as chances de sucesso no parto. 

  • Transmitir todas as informações necessárias antes do parto para garantir tranquilidade e auxiliar na explicação de termos e procedimentos médicos durante o parto para que ela possa ter suas escolhas. 

  • Dá suporte pós-parto na amamentação e contato com o bebê.